Salvador

Cinquenta policiais federais combatem fraudes na Previdência em Salvador

Uma operação da Polícia Federal (PF), deflagrada na manhã desta segunda-feira, 13, combate a atuação de um grupo criminoso especializado em fraudes na Previdência Social em Salvador. Batizada de “Contrafeito”, a ação é realizada por 50 policiais federais e 12 servidores do Núcleo de Inteligência Previdenciária da Secretaria de Previdência do Ministério da Fazenda.

Eles cumprem nove mandados de busca e apreensão. Os locais não foram divulgados pela PF. Alguns documentos já foram apreendidos.

Segundo as investigações, o grupo dava entrada em processos de requerimento para aquisição dos benefícios previdenciários com documentos falsos. Eles atuavam desde 2012.

Os suspeitos contavam também com o auxílio de servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para usar relatórios e exames médicos falsificados. De acordo com a PF, o prejuízo é aproximadamente de R$ 500 mil.

Os envolvidos no esquema poderão responder pelos crimes de estelionato contra à Previdência, previstos no Art. 171 §3 e Art. 288 do Código Penal, que preveem pena de um a 5 anos de reclusão, além da multa.

Veja os Comentários

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao Topo